Reservas em Motéis


Embora seja algo imprescindível na indústria da hospedagem, ofertar reservas em motéis parece uma miragem para muitos moteleiros. Motéis que não aceitam reservas (ou não têm o processo estabelecido) ainda é algo frequente em nosso país.

Uma das origens da falta desse serviço é que a maioria dos consumidores dos motéis é local. Muitos desses consumidores têm o hábito de, simplesmente, decidir ir para o motel. Um dos problemas desse “modelo de compra” é que, muitas vezes, a suíte desejada não estava disponível ou era preciso esperar algum tempo na fila.

Só que os tempos são outros. O consumidor atual quer conveniência e praticidade, seja ele um turista, seja ele um casal que quer algumas horas para sair da rotina. Hoje, o que está em pauta é o conceito de canal de vendas. Os marketplaces (Amazon, Mercado Livre e eBay) são uma realidade com expressivas receitas. As empresas vendem produtos e serviços nos mais diversos locais. Veja o exemplo das companhias aéreas, que vendem passagens nos sites próprios, sites de parceiros, agências on-line, agências físicas e lojas próprias. O que importa é facilitar ao máximo o processo de compra. O consumidor agradece.

Nos motéis, não é diferente. O moteleiro que se limita a esperar que o cliente simplesmente vá ao motel, no mínimo, abre mão de uma boa fatia de faturamento. Mais do que isso, ele corre o risco da própria inexistência do negócio em um futuro não muito distante.

Existem diversas plataformas para vender estadas pela internet. Você pode vendê-las via reservas no seu site, ofertar suítes para reservas de pernoites em sites como Booking.com e Expedia ou fazer promoções de estadas em sites como Clube do Motel, Peixe Urbano etc. Pode também usar o Facebook como canal de vendas. Enfim, há uma gama variável de opções.

Nesta edição da Moteleiro, o Guia de Motéis apresenta oficialmente o guia de motéis go, uma plataforma de reservas para estadas em motéis que deve impactar positivamente o setor. O intuito do Guia é mudar a forma como o consumidor “compra” a estada do motel, gerando conveniência e praticidade. Funciona de forma muito simples: quando pretende ir ao motel, o casal acessa o aplicativo e ele mostra os motéis com suítes disponíveis em um raio da localização do casal, que escolhe a suíte, faz o pagamento e pode ir para o motel.

Quando o Rodolfo Elsas, diretor do Guia de Motéis, me apresentou a versão beta do app, vi que estava diante de uma grande mudança para nosso segmento, e é realmente isso que a equipe do Guia pretende com o aplicativo: melhorar a forma como o cliente frequenta os motéis. Isso gera conveniência e deve trazer mais uma leva de novos não usuários dos serviços dos motéis. Eu já estou usando o app e já cadastrei em nossos motéis. E você, já está preparado para a mudança?

Publicado originalmente na Revista O Moteleiro, Edição n. 81. Disponível em: https://www.moteleiro.com.br/2018/reservas-em-moteis/

Destaques
Recentes
Arquivo
Tags